fevereiro 16, 2007

Inveja? Eu?!!!

È engraçado questionarmo-nos, até que ponto, somos ou não invejosos, e constarmos, logo a seguir - ooh que sentimento tão mau, eu? Eu não! Não sou nada invejosa, é claro! Mas conheço pessoas que o são! E até por sinal muito invejosas!
Dialogo de uma colega possuída pela febre da inveja com uma outra colega:

- Opa, ela foi convidada para ir trabalhar para aquela empresa, sem nunca a terem visto, tem que ter alguém a dar muito boas informações acerca do seu trabalho…
Ao que a outra responde:
- Sim, é bem possível, eles estão a dobrar o que ela ganha aqui neste momento!
- Como é possível, só a mim, é que nada disto me acontece e tenho muito mais experiência, não consigo perceber, ela nem planeia tv, ainda vai ter de aprender lá?!!
- Mas olha que ela esta seriamente a pensar em aceitar, a supervisora dela não está a querer que ela se vá e vai falar com o Administrador para que ele cubra valor da proposta do outro, quando até sabe que o melhor para ela era mesmo bazar daqui…
- Sabes que mais, estava aqui a pensar, ela não vai, vou eu! Mando para lá o meu C.V. porque sei que estão à procura!

Esta conversa desenrolou-se à minha frente. Ou seja, passa a não interessar o que se tem! Mas o que a outra tem! E isso é pura inveja, sim. (Também é bem verdade que no mundo da publicidade, é mesmo assim! Estão sempre a saltitar de lado para outro, quem sai, puxa o outro a sair também, passando as melhores informações, é um círculo fechado, e como se ganha-se bem, tem ser o mais restrito possível, só para alguns meninos! Aconselho a quem ainda não se decidiu no curso a tirar, a Publicidade ou Relações Publicas, quais Gestão ou Contabilidades, uma melhor opção para outros que são uns gandas pincéis, uma trabalheira danada, e sendo a oferta muita e consequentemente somos muito mal pagos, isto agora foi um aparte - ;))! Há quem considere mesmo patológico, e eu aqui no emprego já vi pessoas a chorarem pelo sucesso dos outros, assim é já demais, uma frustração incontrolável!
A inveja é realmente parte da nossa natureza, não se fica realmente indiferente, se as coisas boas nos passam ao lado, mesmo que seja por segundos - podemos pensar/querer estar naquele lugar, mas caímos em nós. Faz tão mal, para quem a sente, que o melhor é mesmo evita-la ou ter capacidade de copiar o sucesso do outro se isso nos faz mais felizes!

2 comentários:

Anónimo disse...

A inveja só faz parte da nossa natureza se a deixarmos viver. Faz mal, para quem a sente ou opta por copiar o sucesso dos outros... Construir é uma luta árdua mas com um sabor bem especial!!!
Cumps

amae disse...

Olá maria, estava a ver que este assunto não dizia nada a ninguem!Vamos alimentar só aquela inveja boa, que faz bem a toda gente!bfds!